sucesso

Sabem-se que muitas pessoas que fazem uma formação em coaching não desejam necessariamente atuar como coaches profissionais. Muitas fazem curso de coaching para autoconhecimento, autodesenvolvimento, para sua própria vida, para seu negócio, para atuar na empresa como coaches informais, etc.

Esse artigo é dedicado a você que deseja viver de coaching, seguir a profissão de coach.

Coaching é Desenvolver Pessoas

Se quando falamos em trabalhar com coaching a primeira coisa que lhe vem à cabeça é “ganhar dinheiro”, é necessário rever seus conceitos. Em primeiro lugar, para ser bem sucedido no coaching é necessário ter claramente o desejo de desenvolver pessoas e fazer algo bom para elas. E esse deve ser sempre seu objetivo: desenvolver pessoas e fazendo isso de forma autêntica, terá retorno financeiro E não o contrário. Aquelas pessoas que visam o dinheiro como fim raramente tem sucesso na vida.

É Preciso Investir, para Depois ter o Retorno

Se alguém está vendendo a ideia de ganhar rios de dinheiro com o coaching, e principalmente, de uma hora para outra, desconfie. Com raríssimas exceções, dificilmente alguém sai de “zero a R$ 50.000,00” como um foguete. Assim como toda profissão ou negócio, é preciso empreender, ou seja, é preciso investir.

Podemos afirmar que o retorno no coaching vem rapidamente, muitos de nossos coaches formados tem o retorno do investimento inicial em 2 atendimentos somente, mas isso envolve uma série de situações que colocamos na sequência.

Então a segunda questão para quem quer seguir a carreira do coaching é: investimento.

O investimento principal, obviamente, é o da formação em coaching. Observar a carga horária, conhecer o conteúdo e principalmente, a empresa e o capacitador é muito importante. Cursos com menos de 60 horas de formação não são apropriados. Tire todas suas dúvidas antes da contratação. Não vá por modismos, escolha aquela que mais lhe agradou levando em consideração todo o conjunto e principalmente, o custo-benefício.

O segundo investimento é o seu tempo, dedicar-se a estudar sobre o coaching. Após uma boa formação, você está preparado, mas é preciso estudar continuamente.

Agora vamos a algumas dicas específicas para você ter sucesso no coaching e obviamente para viver de coaching é preciso ter clientes pagantes, então tê-los é um grande passo para se tornar um coach bem sucedido.

6 Dicas Autênticas para Oferecer o Serviço de Coaching

Você não encontrará aqui dicas milagrosas ou fantasiosas. Não acreditamos nisso. Livros que vendem concepções do tipo “10 Passos para Enriquecer”, são ideias legais, mas ficam circunscritas às suas páginas. Não sobrevivem um dia sequer na vida real. Se isso funcionasse, todas as pessoas que seguissem essas ideias, ficariam ricas. Para ter sucesso em qualquer área, é preciso trabalhar duro.

Vamos agora a 6 dicas autênticas para você se posicionar no mercado de coaching e oferecer seus serviços:

1) Escolha um nicho de atuação

Atirar para todos os lados não é uma boa opção. Veja como pode aliar seus conhecimentos atuais com os do coaching. Por exemplo, se é um economista ou contador formado e trabalha com isso, trabalhar como coaching financeiro é uma boa opção. Quanto mais específico seu nicho, melhor será. Será reconhecido como especialista na área. Imagine um clínico geral, ele entende realmente de várias coisas, mas quando precisa de algo específico o que ele nos recomenda? Procure um especialista!

2) Convide pessoas especiais para conhecerem seu trabalho

Isso não quer dizer que você  postará hoje mesmo um convite nas redes sociais chamando pessoas para serem seus clientes gratuitamente. É para ser algo especial, um convite para pessoas especiais. Ofereça uma sessão rápida (flash coaching) para pessoas importantes. Selecione algumas somente, faça de uma forma elegante.

3) Deixe a produção de conteúdo para especialistas no assunto

É muito comum coaches formados produzirem conteúdos e frases falando sobre o coaching. Perdem horas e horas selecionando frases e depois, eles mesmos fazem o post. O final do trabalho é sofrível. O conteúdo não fica bom e o post também não. Não perca horas fazendo isso. Deixe essa função com quem entende do assunto. O mesmo se aplica aos artigos. Sugerimos compartilhar informações do instituto onde você se formou ou  ou no máximo, usar textos curtos para comunicar algo interessante e relevante.

4) Invista em seu marketing pessoal – Ser, Parecer, Aparecer

Ter uma boa apresentação, não somente é somente logotipo, marca, etc. É ser congruente e mostrar congruência.

É utilizar a Tríade Ser, Parecer e Aparecer. Vamos exemplificar: Imagine um coach que trabalha com emagrecimento. Ele vende a ideia que sua vida pode ser transformada e será maravilhosa, que atingirá um alto nível de autorrealização ao ficar magro. O problema é que ele mesmo está acima do peso. Outro exemplo é o do coach business que ensina a ter sucesso no negócio, mas ele mesmo  é um empresário mal sucedido. Como alguém contratará seu serviço se ele não conseguiu sucesso para si próprio?

Ser significa um estado, uma condição uma situação. Responda sinceramente: Você corresponde ao que vende?

Parecer significa como você se mostra aos olhos das outras pessoas. Como elas lhe vêem? Você passa a impressão de ser bem sucedido?

Aparecer significa você se mostrar, ser visível aos olhos das outras pessoas. E isso é válido na quantidade, momento e para o seu nicho de mercado certo. Muitos coaches são muito competentes, mas não conseguem alavancar sua carreira porque descuidam de seu marketing pessoal. Quanto você se mostra e mostra seu trabalho? Como tem mostrado seu trabalho e o seu sucesso?

5) Ofereça seu trabalho nas redes sociais

O mundo gira em torno da tecnologia. Sempre dizemos em nossos cursos: o mundo é do Google e do Facebook. Obviamente é uma brincadeira, pois existem outras redes como o Linked-In, Instagram, Pinterest e outras, mas todas as pessoas que oferecem serviços, passam pelo Facebook, ela é uma ferramenta intuitiva e rápida. Por isso é muito comum vermos coaches oferecerem seus serviços nessa rede social.

Uma maneira eficiente de chamar a atenção das pessoas no Facebook é oferecer o trabalho de forma sutil, despertar o interesse. Por exemplo, faça perguntas do tipo: “Gostaria de ter uma transformação real na sua vida? Saiba como, me chame in box.” No privado você procura entender a necessidade da pessoa, talvez oferecer uma sessão inicial e depois sim, oferecer seu serviço.

Outra forma interessante é você ter uma fan page onde possa fazer um check-in, onde pode colocar fotos suas com seus clientes, mostrar sua sala preparada para uma sessão, etc.

6) Use canais diferenciados para atendimentos

Utilize canais diferenciados onde você possa atender clientes a distância, essa é uma forte tendência. Clique aqui para saber como realizar atendimentos Via Skype.

E obviamente, faça um excelente trabalho, de nada adianta tudo isso se o resultado do seu trabalho não for excepcional. Bom trabalho!

E mais:

Clique aqui para conhecer os 15 ITENS ESTRATÉGICOS SOBRE O COACHING!

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

formacao-coaching2