PDI

As iniciativas de melhoria pessoal são estratégias utilizadas para concretrizar objetivos pessoais e profissionais. Quando essas ideias e ações são planificadas, dão origem ao Plano de Desenvolvimento Individual (PDI).

O PDI é realizado após a detecção de um gap (lacuna) que limita o desenvolvimento da pessoa em seu cargo, função ou avanço de carreira.

O objetivo a ser alcançado no PDI é benéfico tanto para o profissional quanto para a empresa, por isso é muito comum a organização tomar a frente pela sua realização.

Ele é muito comum após a realização da Avaliação de Desempenho (AD).

Como Funciona o Processo

O processo funciona assim: o departamento de Gestão de Pessoas (GP) se reúne com o líder do profissional, identifica os gaps com a ajuda da AD e traça o objetivo a ser trabalhado no PDI.

Na sequência, o GP se reúne com o profissional, convalida a necessidade de desenvolvimento (competência) levantada pela liderança e juntos,  profissional e GP traçam esse plano.

Opcionalmente, o líder pode participar da confecção do PDI. O mais comum é ele corroborar com o plano no final.

O que Desenvolver no PDI

O PDI  tem o intuito de desenvolver competências (CHA), que é o acrônimo de Conhecimentos, Habilidades e Atitudes.

Desenvolver essas competências significa diminuir ou eliminar o gap existente entre o “que o profissional é  atualmente e o que ele precisa ser” para  ter melhor performance.

Essas competências a serem desenvolvidas podem ser:

  1. Competências técnicas: estão relacionadas com o conhecimento de idiomas, formação acadêmica, domínio de metodologias de trabalho, etc.
  2. Competências emocionais: relacionam-se ao nível de equilíbrio e adequação com que o profissional interage com o meio em que está inserido. Exemplo: administração do estresse, motivação, equilíbrio emocional, autocontrole, autoconsciência, empatia, assertividade, otimismo.
  3. Competências comportamentais: são focadas para o comportamento. Exemplo: trabalho em equipe, comunicação, capacidade de liderança, senso de organização, boa fluência verbal, responsabilidade, flexibilidade, criatividade e inovação, proatividade.

Após detectar quais competências são críticas para o sucesso, é ora de mãos à obra e fazer o PDI. Ele permite ao profissional ter desempenho superior e atingir o máximo do que pode vir a ser.

Desenvolver o PDI não é prerrogativa somente do RH. Os Consultores em Análise Comportamental, os Coaches, os Mentores, os Orientadores de Carreira e outros profissionais que trabalham com o desenvolvimento humano podem ser contratados com essa finalidade.

Siglas:

AD: Avaliação de Desempenho

CHA: Conhecimentos, Habilidades e Atitudes

GP: Gestão de Pessoas

PDI: Plano de Desenvolvimento Individual

formacao-coaching2