pessimista

Dois Pessimistas – Quando a União não Dá Certo

A vida a dois nem sempre é fácil, passamos por várias transgressões incômodas diariamente. Todos nós cometemos pequenos deslizes, desde chegar tarde em casa, até ficar discutindo um detalhe irrelevante durante o jantar.

Para  Seligman, em uma união, quando existe o otimismo, ambos conseguem viver bem mesmo com os aborrecimentos e frustrações. Eles dão explicações otimistas para as situações e conseguem até transformar falhas em forças pessoais. Isso auxilia na união.

Os pesquisadores da Psicologia Positiva descobriram que, em relação aos casamentos, todas as combinações são possíveis, menos uma: quando se unem dois pessimistas. Eles afirmam que casamentos, parcerias e uniões entre eles correm risco a longo prazo.

Otimistas e pessimistas são acometidos pelos mesmos contratempos ou tragédias da vida, mas os primeiros sabem enfrentá-los de melhor forma. Eles  reagem rapidamente aos infortúnios e mesmo com algumas perdas, se recompõem e voltam à luta.  Já os pessimistas se desmoronam e se rendem à angústia e na maioria casos, ficam deprimidos.

Imagine agora um casal de pessimistas que enfrentam uma adversidade juntos.  Como eles se sairiam?

A Espiral Descendente

Quando dois pessimistas estão juntos e algo inesperado acontece, uma espiral descendente logo se inicia.

Se ele chega tarde do trabalho, ela, com o estilo pessimista interpreta: “Ele não me ama, o trabalho é mais importante que eu.” E fica aborrecida. Se ele é também um pessimista, logo interpreta o comportamento da companheira: “Ela é uma ingrata, não vê quanto eu trabalho para sustentar a nossa família.” E diz: “Eu chego em casa e você está sempre com essa cara emburrada. Não vê que estou tentando colocar dinheiro em casa?” Ela contra-ataca: “Você reclama de tudo, você que é um ingrato, estou aqui lhe esperando para o jantar há um tempão…”

Isso geralmente desencadeia uma discussão incontrolável e acusações mútuas. Se no início a explicação fosse mais otimista, certamente não haveria desentendimento entre o casal.

A longo prazo, nem preciso dizer que a relação fica insuportável. Os pesquisadores da Psicologia Positiva concluíram que o otimismo ajuda no casamento, enquanto o pessimismo atrapalha significativamente a relação.
formacao-coaching2