LÍDER ASSERTIVO: O LÍDER COMPLETO

Group of multiethnic busy people looking at a laptop

 

As organizações estão buscando cada vez mais líderes com competências que estejam vinculadas a um desempenho que supere todas as expectativas. Sabe-se, no entanto, que uma liderança pode ser construtiva, destrutiva ou inspiradora.

Nesse contexto, insere-se a liderança assertiva, que ganha destaque no mundo corporativo por estar baseada na conquista, na confiança, na delegação de tarefas e no exercício da influência sobre a equipe para o alcance dos objetivos organizacionais.

Os líderes assertivos possuem muitas habilidades, falam o que precisa falar, são diretos mas não ofensivos. Outras competências apresentados por esse estilo de liderança é o equilíbrio emocional na resolução dos conflitos, o envolvimento e o comprometimento com o time. Essas habilidades são fundamentais para a criação de vínculos com a equipe de forma que as pessoas acabam fazendo aquilo que os líderes esperam deles.

Toda credibilidade demonstrada pela liderança assertiva é sustentada pelas relações interpessoais, cuja troca é harmoniosa e construtiva, em que a equipe tem liberdade para discordar ou concordar das ideias dos líderes, sem perder de vista os resultados e objetivos da empresa. Existe um diálogo baseado da legitimidade e no respeito mútuo.

O exercício do poder não é imposto ou baseado na coação, mas na busca do diálogo em que a verdade se aplica aos colaboradores que se comunicam tal como são. Assim, uma pessoa passa credibilidade quando o interlocutor lhe atribui o conceito de ser e parecer verdadeiro, o que é compreendido como uma comunicação assertiva.

Todos se beneficiam com uma liderança assertiva, principalmente a equipe, que pode expressar suas opiniões com tranquilidade, sem provocar inimizades e se sente à vontade para discutir os problemas e encontrar soluções que atendam os interesses de todos os envolvidos. Esse estilo é considerado construtivo porque procura soluções em vez culpados, a relação é de confiança onde os colaboradores recebem “feedback” de seu desempenho e tratam os conflitos como algo natural.

Para as organizações, a prática da liderança assertiva reduz a tensão entre as pessoas e acelera a solução dos problemas, contribuindo para o aumento da produtividade, já que o clima interno satisfatório e ético reflete na qualidade do produto ou serviço final destinado aos clientes.

Seguem alguns indicadores do perfil do líder assertivo:

· Não aprova conversas improdutivas. Expressa suas ideias, sentimentos e necessidades com naturalidade, clareza e objetividade.

· É contra as dissimulações e disfarces. É transparente nas suas intenções, deixa a equipe confiante para cumprir os objetivos da organização.

· É contra a centralização do poder. Compartilha com a equipe o planejamento das metas a serem atingidas e juntos buscam soluções.

· É contra a negatividade. Analisa as situações com cautela e proatividade.

· É contra a inflexibilidade, a rigidez de pensamento e a intolerância.

· É contra depreciar as pessoas. Sabe ser firme sem magoar as pessoas.

· É contra o desperdício do seu tempo. É focado e determinado na solução dos problemas.

O líder assertivo se assemelha muito a um líder coach. Não significa que ele não vá cobrar resultados e ser firme quando tiver que ser, mas nesse estilo de liderança procura-se humanizar as relações interpessoais na busca pelos resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso Legal: O resultado individual varia conforme o nível da habilidade aprendida, a dedicação e o esforço de cada participante. Dispensar

X