O IMPACTO DO COMPORTAMENTO NA CARREIRA

O IMPACTO DO COMPORTAMENTO NA CARREIRA

O impacto do comportamento é visível na carreira.

Mas primeiramente, quando falamos de comportamento é importante considerar a complexidade humana. Cada pessoa possui habilidades, capacidades, percepções, conhecimentos e motivação próprias.

Além disso, o comportamento humano é orientado para a satisfação de suas necessidades e alcance de seus objetivos, aspirações e autorrealização.

No contexto de trabalho é comum presenciarmos comportamentos inadequados, contraproducentes, além de insatisfação e desengajamento do colaborador.

Muitos desses comportamentos não assertivos se devem ao fato de o perfil da pessoa estar em desacordo com a função.  Isso traz impactos negativos na carreira, entretanto, eles podem ser minimizados por um bom assessment.

Como um Assessment pode Potencializar a Carreira

Sem dúvida, a compreensão do comportamento, por meio de assessment (avaliação), é fundamental tanto para o profissional quanto para a empresa. A ferramenta mais conhecida e usada universalmente nas organizações devido à sua simplicidade e praticidade é a DISC.

Um bom assessment nos permite compreender e respeitar as diferenças comportamentais, com várias possibilidades a saber:

  • Maior assertividade na movimentação de pessoas
  • Mapear competências
  • Detectar de gaps de desenvolvimento
  • Identificar a aderência do perfil ao papel desempenhado
  • Aumentar o desempenho
  • Formar equipes de alta performance
  • Gerenciar conflitos
  • Facilitar o processo de coaching ou mentoring

Principalmente, depois de uma análise acurada permite traçar um Plano de Desenvolvimento para o profissional. 

O Impacto do Comportamento na Carreira

Definitivamente, as pessoas são admitidas por competências técnicas e demitidas por comportamentos. Dificilmente presenciamos uma situação em que um colaborador não aprende uma competência técnica, mas é muito comum observarmos pessoas que não se importam em desenvolver comportamentos desejáveis como comunicação, autorregulação emocional, paciência, assertividade, dentre outro.

Conhecer comportamentos, a começar pelo seu, é fundamental para autoconhecimento e conhecimento do outro. 

De fato, a partir do momento que temos consciência das nossas tendências comportamentais começamos a prestar atenção em nossas atitudes e podemos administrá-las.

Por exemplo, um profissional meticuloso e detalhista que reconhece essa característica em seu perfil, certamente saberá que se usar essa habilidade de forma extrema poderá ser uma pessoa chata, que procura “pelo em ovo” (defeitos em coisas irrelevantes). Ao mesmo tempo ele sabe que é a pessoa indicada para procurar um erro em uma conta que não fechou ou para fazer um relatório que requer atenção e detalhismo.

Por isso, é correto afirmar que:

Nossa fortaleza também pode ser a nossa maior fraqueza. 

Finalmente, reconhecer nosso próprios comportamentos é fundamental para avançarmos não só na carreira, mas também na liderança e nos negócios.

48 thoughts on “O IMPACTO DO COMPORTAMENTO NA CARREIRA

  1. Marcos Roberto Silva says:

    Tenho uma dúvida: Como vou engajar uma equipe onde as pessoas tem dificuldades em saber o que eles querem para eles próprios. Tento trazê-los para terem certeza o que eles querem para eles , qual a visão deles para o futuro que eles esperam, mas não está nas cabeças dos mesmos.

    • Gabriela Lemos says:

      O autoconhecimento é extremamente importante para o desenvolvimento do colaborador. Saber identificar a linha entre excelência e exagero é fundamental para uma qualidade não se tornar um defeito.

  2. Marcos Roberto Silva says:

    Tenho uma dúvida: Como vou engajar uma equipe onde as pessoas tem dificuldades em saber o que eles querem para eles próprios. Tento trazê-los para terem certeza o que eles querem para eles , qual a visão deles para o futuro que eles esperam, mas não está nas cabeças dos mesmos.

    • Profa. Ma. Elaine Dias says:

      Olá Marcos, ficamos felizes com a sua interação. Durante o curso de Liderança você terá recursos para elevar o nível de consciência do time e trazê-los para a interdependência.

  3. NARCIANE BERTOLACCINI DE SOUZA says:

    É indiscutível a importância do conhecimento dos perfis comportamentais no desenvolvimento dos colaboradores e até o autodesenvolvimento.
    Ter conhecimento do que reforçar positivamente , ou de qual repertório devemos retirar do contexto comportamental, explorar, no bom sentido, o que cada um tem de melhor auxilia na formação de equipes ricas em perfis levando a alta performance.

  4. DANIEL PINHEIRO VELASCO says:

    A importância de uma alocação correta dentro de uma organização é latente. Muitas vezes o melhor mecânico pode não ser o melhor gerente de oficina. Não é incomum que a empresa perca um bom mecânico e não ganhe um bom gerente. Também é comum que o colaborador seja mais feliz portando uma ferramenta do que uma caneta. O que interfere diretamente no seu rendimento. Já que pessoas felizes tendem a trabalhar muito melhor.

  5. ANDRE WILLIAN CANDIDO says:

    A importância de uma relocação é dar a oportunidade para pessoas em outras áreas e saber incentiva-las , um novo ambiente pode fazer ela render mais do que você imagine, não adianta querer prender um motorista em uma sala sendo que ele gosta da sensação de liberdade de cada dia estar em um lugar diferente desde que ele faça o que ele realmente goste que é pilotar, o ambiente somos nós que criamos , oportunidades vão e nem sempre volta

  6. Verônica Felix says:

    Importantíssimo conhecer nossos comportamentos para dosagem e aplicação deles da melhor forma possível.

  7. Raul Felipe Lopes says:

    É extremamente importante analisar o perfil e comportamento para a alocação de pessoas. Cada função exige um tipo de perfil específico e, se alocado de forma incorreta, podemos perder o potencial do profissional.

  8. Mariana says:

    O autoconhecimento é o ponto principal, se conseguimos tê-lo bem definido, conseguimos ter o comportamento adequado com a situação, para que nada saia do controle, e se caso não saia da forma que desejamos, será possível se ajustar.

  9. GUILHERME BOTECHIA says:

    “As habilidades, capacidades, percepções, conhecimentos e motivação próprias” são fundamentais para que tenhamos uma equipe capaz de atender as demandas e necessidades.
    Além de deixar sua equipe motivada a fazer as atividades do dia-a-dia, pois estando em seus respectivos lugares, trabalharão em busca de resultados cada vez maiores e melhores.

  10. Pedro Henrique says:

    As características pessoais e as atitudes tomadas no ambiente de trabalho, da maneira como é dosada reflete diretamente na imagem do colaborador. Portanto, saber analisar em si o que é preciso melhorar e o que é necessário reduzir é crucial para o crescimento e reconhecimento profissional.

  11. José Veridiano Alves Junior says:

    É de grande importância a assertividade do perfil comportamental, adequando perfil, função, responsabilidades e expectativas do cargo; para que se alcance os objetivos da empresa e do profissional.

  12. Diogo Ramos Pereira says:

    Se não compreendermos o comportamento do colaborador e identificar o motivo desses comportamentos, fica mais difícil sua avaliação e auxilio para seu crescimento, já quando temos essa compreensão, as vezes até com pequenas atitudes ou mudanças conseguimos melhorar o engajamento e eficiência desse colaborador.

    • Severino Ribeiro da Silva Filho says:

      O impacto comportamental vai depender da complexidade que cada um tem de avaliar suas capacidades e percepções; conhecer as características e comportamentos dos seus colaboradores se faz necessário, para que juntos possamos tornar a equipe forte e robusta. Portanto temos a urgência de identificar o que possa a ser exagero e o que possa ser considerado dentro dos padrões de acertividade de cada um.

    • Severino Ribeiro da Silva Filho says:

      O impacto comportamental vai depender de cada um pois cada característica e pessoal, como um r.g cada um carrega a sua; conhecer as características e comportamentos dos seus colaboradores se faz necessário, para que juntos possamos tornar a equipe forte e robusta. Portanto temos a urgência de identificar o que possa a ser exagero e o que possa ser considerado dentro dos padrões de acertividade de cada um.

  13. Josimar Paulo de Abreu says:

    Conhecer o perfil e o comportamento das pessoas reduz muito a necessidade de gerenciar conflitos, além de propiciar um bom ambiente de trabalho.

  14. José Jordano Rodrigues Miranda says:

    Definir pontos objetivos na cultura da empresa facilita o reconhecimento de comportamentos que se alinham melhor para o ambiente corporativo esperado. Creio que, se a análise de comportamento seja realizado desde o momento do processo seletivo, assessments futuros tornam-se menos requisitados. A partir de outra perspectiva, também faz parte da rotina de um mediador auxiliar o outro em busca de comportamentos que beneficiam o próprio, trazendo-o mais produtividade e, em um momento futuro, maiores êxitos profissionais.

  15. Rodrigo Ormundo says:

    Hoje são poucas empresas que pensam em cuidar de pessoas, pois atrapalha muito nos resultados e metas para serem alcançadas.
    A importância de uma empresa em analisar o perfil do seu líder/gestor para seu seguimento e fundamental para seus resultados em segurança,qualidade e produtividade para assim ser mais competitiva no mercado.

  16. Felipe Camilo de Souza says:

    Qualquer ser humano que esteja firme em seus planos e metas pode fazer a vida entregar a ele exatamente aquilo que ele deseja.

  17. FABRICIO VINICIUS RODRIGUES RIBEIRO says:

    Ter um conhecimento comportamental nos ajuda a saber como agir em certos ambientes e desafios que irão surgir, principalmente se tivermos que seguir mudanças para uma melhor colocação profissional assim extraindo seu total potencial.

  18. NICOLAS FERNANDES says:

    A utilização de ferramentas de assessment ajudam a nos conhecermos e revelar características fundamentais para nosso sucesso. Nos tornando lideres com maior engajamento para a equipe.

  19. Frederico Garbuio says:

    “A pessoa certa no lugar certo” – Devemos utilizar nossa sensibilidade e as ferramentas existentes para formarmos uma equipe engajada, com perfis complementares e, consequentemente, com rendimento máximo!

  20. Ana Júlia Ortigoza says:

    Entender como as pessoas se comportam de maneiras diferentes, incluindo nós mesmos, é muito importante. Isso nos ajuda a reconhecer esses comportamentos no dia a dia e a lidar com cada um deles em diferentes situações.

  21. ADRIANO SANTANA says:

    Lidar com diferentes pessoas e personalidades, engajar e guiar a equipe é um grande desafio, ter percepção e incluir as pessoas nos processo faz alcance dos objetivos tanto na empresa quanto individuais, ajuda no desenvolvimento e aproveitamento do potencial.

  22. Mario Pedrosa Viana says:

    Definitivamente, as pessoas são admitidas por competências técnicas e demitidas por comportamentos.
    A utilização de ferramentas de assessment nos ajudam a compreender melhor, desenvolver e liderar as pessoas para que cada vez menos sejam desligadas por comportamentos.

  23. Natã Severiano de Souza says:

    Acredito ser fundamental o conhecimento próprio e do outro, reconhecendo que estaremos em melhor harmonia para atuarmos em conjunto.

  24. Rubens Lopes Ribeiro Neto says:

    É muito importante a empresa identificar o perfil comportamental de cada colaborador, dado que cada função na empresa demanda habilidades, conhecimentos e experiências distintas. Ao fazer isso, aumentam significativamente as chances da empresa aprimorar sua produtividade, promover a satisfação dos funcionários e reduzir o turnover, além de muitos outros benefícios.

  25. Nicolas Lossolli says:

    “Definitivamente, as pessoas são admitidas por competências técnicas e demitidas por comportamentos.” Esse trecho resume exatamente o que acontece na maioria dos casos. Entender o por que um colaborador está tendo esse tipo de comportamento irregular é a parte mais difícil, quando o problema provavelmente é algo pessoal e não profissional.

  26. Rafael de Almeida Lopes says:

    Quantas histórias já ouvimos de profissionais totalmente competentes, com anos de carreira, que foram demitidos por comportamentos falhos, ou até mesmo profissionais colocados em posições erradas e mal aproveitados. Quando compreendemos o contexto e aprendemos ferramentas que nos auxiliam a realizar uma gestão eficiente, conseguimos, na maioria das vezes, recuperar esses profissionais.

  27. Rafael de Almeida Lopes says:

    Quantas histórias já ouvimos de profissionais totalmente competentes, com anos de carreira, que foram demitidos por comportamentos falhos, ou até mesmo profissionais colocados em posições erradas e mal aproveitados. Quando compreendemos o contexto e aprendemos ferramentas que nos auxiliam a realizar uma gestão eficiente, conseguimos, na maioria das vezes, recuperar esses profissionais.

  28. Rhitiere Leonardo says:

    O DISC é muito útil para compreender as diferenças comportamentais, mapear competências, identificar gaps de desenvolvimento e aumentar o desempenho.

  29. Anderson Silva Roque says:

    A compreensão do comportamento, por meio da avaliação, é fundamental, pois permite compreender e respeitar as diferenças comportamentais do profissional.

  30. Silmara Silva says:

    O Ideal seria, identificar o perfil comportamental de cada colaborador, conhecimento e experiência Ao fazer isso, aumentariam significativamente as chances da empresa aprimorar sua produtividade, e dificilmente haveria problemas por questoes comportamentais

  31. Rebeca Penteado says:

    Ao ler o artigo, me recordei de locais que trabalhei e que realmente, carreiras e pessoas foram impactadas pela ausência de ferramentas e análises de perfis adequados. Por muitas vezes, e infelizmente, o desligamento pode ser mais fácil do que auxiliar o desenvolvimento do indivíduo e realizar auto análise para compreender de que forma a própria empresa está errando com ele.

  32. Marcos Antonio Zimiani says:

    Recentemente realizei a ferramenta DISC e fiquei impressionado com o resultado. Eu acredito que além do autoconhecimento, também necessitamos conhecer nossa equipe e encontrar os pontos fortes desses membros da equipe, e como líder auxiliar a potencializar essas forças.

  33. Daniela Mattioli says:

    Identificar o perfil comportamental de cada um permite conhecer, compreender e respeitar as diferenças de cada um.

  34. Flavio Braga says:

    Acredito ser o primeiro passo para a jornada em gestão de pessoas, o autoconhecimento, bem como traçar o perfil comportamental é essencial para uma gestão justa e duradoura.

  35. Andressa Spadoni says:

    Após conhecer a ferramenta e conhecer o meu perfil comportamental, ficou mais fácil conhecer os pontos fortes, e os GAPs a desenvolver.
    É importantíssimo também conhecer o perfil da equipe, e entender as diferenças de cada um, assim poderei auxiliá-los no desenvolvimento profissional bem com direcioná-los com assertividade.

  36. Thays Helena Cremonesi Garcia says:

    Estou adorando essa grande oportunidade de aperfeiçoamento profissional como pessoal.
    Muito feliz em poder desfrutar de tanto conhecimento!
    Muito obrigada…

  37. Gisele Delazari says:

    Bom dia,
    Acredito que hoje em dia só olhamos realmente a parte de conhecimento dos colaboradores e deixamos a questão comportamental muitas vezes de lado. Entender o nosso perfil comportamental nos auxiliara a reconhecer o dos nossos liderados e assim buscarmos respeitas e também desenvolve-los.

    • Vivian Limongi says:

      A partir do perfil comportamental podemos nos reconhecer em diversas situações, e assim, aperfeiçoar os gaps. O perfil de cada liderado também nos norteia quanto as potencialidades, e assim, o desenvolvimento progressivo de cada um.

  38. Vivian Limongi says:

    A partir do perfil comportamental podemos nos reconhecer em diversas situações, e assim, aperfeiçoar os gaps. O perfil de cada liderado também nos norteia quanto as potencialidades, e assim, o desenvolvimento progressivo de cada um.

  39. Vivian Limongi says:

    A partir do perfil comportamental podemos nos reconhecer em diversas situações e, assim, aperfeiçoar os gaps. O perfil de cada liderado também nos norteia quanto as potencialidades, e assim, o desenvolvimento acontece

  40. Adriano da Costa Spadoni says:

    Fiquei muito feliz com o resultado do meu DISC.
    É uma ferramenta surpreendente para o autoconhecimento e para que possamos conhecer nossa equipe com mais assertividade.
    Trabalhar nos Gaps de forma clara e objetiva através desta ferramenta será mais”leve”.
    Quero cada vez mais capacitar minha equipe e criar um sucessor.

  41. Maria Gecina P S Panella says:

    Eu estou gostando muito,o perfil comportamental vai ajudar a me conhecer melhor e procurar aperfeiçoar o meu desenvolvimento profissional e pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *