RESILIÊNCIA: CONHEÇA OITO FATORES PARA SUPERAR ADVERSIDADES

Adversidades ao Longo da Vida

Diante das constantes mudanças, sejam elas de ordem pessoal ou profissional, é impossível não passarmos por algum tipo de adversidade ao logo da vida.

Da mesma forma, é natural nos abalarmos diante de uma atribulação. Mas quanto menos nos deixamos afetar por essas turbulências, maior é a nossa resiliência.

Resiliência: Significado

Para a Dra. Edith Grotberg, uma das maiores pesquisadoras do mundo sobre o assunto:
Resiliência é a capacidade universal que possibilita pessoas, grupos, comunidades ou empresas, prevenir, minimizar ou superar os efeitos nocivos das adversidades.

Isso significa que uma pessoa não é resiliente e sim, que está resiliente. É um processo dinâmico relacionado a pessoa e o meio ambiente. Ou seja, resiliência se aprende.

Podemos citar várias catástrofes que atestam a resiliência humana, como por exemplo, o terrível 11 de Setembro em Nova York, a cidade de Mariana no Brasil, Tsunami no Haiti, dentre outras. Nessas tragédias podemos constatar a capacidade das pessoas, grupos e da própria sociedade, superar as situações adversas.

Resiliência: Fatores de Proteção

A resiliência se apoia em alguns fatores de proteção, que modificam ou melhoram a resposta da pessoa diante de alguns perigos. A família, com seus laços afetivos é um desses fatores de sustentação. Outro fator importante é o social, assim como a autoimagem positiva e as crenças positivas.

Resiliência na Empresa

O princípio 80/20 também se aplica à resiliência. Nas organizações e na liderança a resiliência é fundamental no processo de mudanças já que 80% dos profissionais diminuem sua eficácia enquanto somente 20% permanecem produtivos em ambientes de pressão e adversidades.

Oito Fatores que Contribuem para Estarmos mais Resilientes

Podemos citar oito fatores fundamentais para desenvolver e fortalecer a resiliência:

  1. Adaptação às mudanças em vez de lutar contra elas.
  2. Inteligência emocional.
  3. Autoconfiança.
  4. Autoestima positiva.
  5. Flexibilidade.
  6. Empatia.
  7. Otimismo.
  8. Perseverança.

Quando esses fatores são praticados e potencializados em nossas vidas, maior o aumento da resiliência e do desempenho.

Conseguimos entregar melhores resultados mesmo em ambientes de mudanças e de pressão.

Ficar temeroso ou resistir às mudanças não é a melhor solução, afinal, elas acabam acontecendo, independente da nossa vontade. Como nos ensina Joshua Marine, “desafios são o que torna a vida interessante, superá-los é o que torna a vida significativa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X