COMO EVITAR O SEQUESTRO EMOCIONAL

Um sequestro emocional geralmente nos traz arrependimentos depois que acontece. No entanto, é possível controlá-lo, mesmo em circunstâncias difíceis e perturbadoras.

O sequestro emocional ou detonador de emoções ocorre “perdemos a cabeça” e agimos por impulso.

Mas ele acontece também quando sentimos a nossa sobrevivência ameaçada e emoções como raiva ou medo invadem a nossa mente.

A parte do cérebro ligada à sobrevivência (a amígdala cerebral, especificamente) é acionada quando percebemos um risco ou ameaça, deixando-nos alertas e prontos para lutar ou fugir.

Ao sentir-se em perigo e com medo, seja de perder pessoas e até mesmo dinheiro ou emprego, é bem provável que será sequestrado emocionalmente

Como resultado você fica estressado, ansioso e sobrecarregado emocionalmente pois todo o restante do cérebro, principalmente a parte racional, é recrutada e pronta para lutar ou fugir frente à ameaça percebida (ainda que ela nem seja real).

E o pior: você não consegue pensar em outra coisa que não seja na situação que o está perturbando.

Entretanto, ao reconhecer o detonador das emoções, podemos controlar nosso impulso.

Da mesma forma, a plasticidade do cérebro nos permite evoluir e aprender com as experiências passadas.

Isso significa que ao mudar a forma de reação no presente, a probabilidade de êxito em uma situação parecida no futuro é muito grande. 

Após algum tempo de prática, conseguimos dar uma resposta mais apropriada à situação. Isso é Inteligência Emocional.

Autoconsciência e Autocontrole Emocional para Controlar os Impulsos

Certamente a autoconsciência é o primeiro passo para controlar os impulsos. Isso significa identificar a situação, pessoas ou fatos que o perturbam e o levam a agir de forma irracional.

Em seguida, preste atenção às alterações na sua mente e no seu corpo.

Ainda consciente, nomeie a emoção que está sentindo: Por exemplo: “Estou com raiva;Estou ansioso.”

Além disso, o simples fato de falar sobre o que está sentindo desloca a atividade da mente emocional para a mente racional e assim, diminuímos sua intensidade. Isso lhe permite ter autocontrole sobre o que está sentindo!

Feito isso, conte até 6.  Esperar por apenas seis segundos antes de agir faz com que as substâncias químicas do cérebro que causam o sequestro emocional se dissipem. Respirar profundamente ajuda a impedir que sua mente emocional assuma o controle e cause uma reação desgovernada.

Essa é forma de autocontrole diante de uma situação perturbadora no curto prazo. A médio e longo prazo, indicamos uma técnica bastante utilizada na Psicologia Positiva, que é o Mindfulness.

Finalmente, é importante você ter controle sobre seus impulsos, caso contrário, ficará à deriva dos acontecimentos do rio da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X