PERDÃO E RECONSTRUÇÃO EMOCIONAL

Perdão

O perdão, é uma emoção positiva fundamental para a felicidade e o bem-estar. Sem ele não conseguimos nem uma coisa nem outra.

Sobretudo, está diretamente relacionado à libertação pessoal, uma vez que nos livra das correntes pesadas dos ressentimentos e das mágoas. Por meio dele, é possível desvencilhar das emoções negativas ligadas aos acontecimentos passados.

Praticar o perdão pode ser difícil, mas não é impossível.

Pratique o Perdão

Quando perdoamos, somos benevolentes conosco e com o outro, evoluímos e crescemos como seres humanos.

A Psicologia Positiva mostra que todos nós podemos aprender a perdoar, mesmo que leve algum tempo. Nessa visão, o perdão é percebido como um processo e não como um evento.

De certo, perdoar não significa esquecer, todos possuímos memórias emocionais das quais não é possível se desfazer. Mas podemos neutralizar essas recordações negativas.

Isso significa que não eliminaremos o fato passado, mas estaremos menos vulneráveis ao que nos aconteceu.

 Além disso, temos a dádiva de conceder perdão a nós mesmos, aos outros e às circunstâncias da vida. Em todos os casos, quebramos o ciclo de ódio e ressentimento, e nos libertarmos dos rancores e ruminações.

Entretanto, tão importante quanto perdoar, é pedir perdão.

Peça perdão

Pedir perdão é uma forma de admitirmos nossa imperfeição humana.

Afinal, o humano perfeito ainda não nasceu.

E justamente por isso, podemos levar à consciência nossos erros e reconhecer que deixamos de tratar as pessoas como deveríamos ou de fazer o que precisávamos.

Por isso, reconhecer nossos equívocos e pedir uma segunda chance é importante para ter relacionamentos saudáveis, sejam eles na família, no trabalho, na comunidade ou na sociedade.

Definitivamente, o perdão é importante para uma reconstrução emocional e um grande presente para nós mesmos.

Perdoar quem não quer ser Perdoado?

Existem pessoas que apesar de errarem, tentam validar constantemente o fato de não pedirem perdão. Elas culpam o outro, são rígidas, presunçosas e não admitem seus erros. Algumas delas acreditam que pedir perdão significa fraqueza, se rebaixar ou se humilhar.

O que podemos fazer nesses casos?

Dizer,sem  arrogância ou julgamento, que nos sentimos prejudicados com as consequências de seus atos e oferecer-lhes a chance de conversar e se desculpar.

Se isso não surtir efeito, sinta pena delas, que escolheram o ressentimento ou a prepotência em vez da redenção.

E perdoe-a mesmo assim. Afinal, isso não encobre nem nega a seriedade de uma ofensa contra você. Tampouco, não lhe obriga a se reconciliar com a outra pessoa.

Mas perdoando, você será liberto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *