7 PRINCÍPIOS DA LIDERANÇA SUSTENTÁVEL

7 PRINCÍPIOS DA LIDERANÇA SUSTENTÁVEL

 

Os padrões de liderança exigidos pelo cenário global se elevaram, não basta ser um líder, é preciso ter sustentabilidade na liderança.

A grande maioria dos líderes gostaria de aprimorar seu estilo, serem inspiradores e exercer a liderança eficaz por isso é natural que busquem cursos, mentoring e coaching que os os capacitem a mudar.

A Liderança é uma Habilidade a ser Continuamente Aprendida

Nesse mundo líquido, permeado de respostas rápidas e receitas prontas as pessoas querem resultados imediatos, mas basta algo sair da programação que se sentem inseguras e não conseguem dar resposta à crise.

A falta ou excesso de alguns ingredientes pode fazer a receita desandar e nesse caso, entra a habilidade do cozinheiro.

É fato que alguém se torna líder quando consegue influenciar o comportamento das pessoas, isso requer treinamentos constantes e habilidades a serem desenvolvidas, mas nem todos estão preparados para exercer o papel de liderança.

Que Tipo de Líder Você É?

Dave Ulrich, professor de Administração da University of Michigan (EUA) e um dos maiores estudiosos sobre o tema afirma que existe uma distribuição 20-60-20 entre líderes:

  • 20% são líderes extraordinários
  • 20% nunca chegarão lá de fato
  • 60% podem melhorar.

Segundo Ulrich, devemos focar no desenvolvimento desses 60%, portanto, se você se enquadra nesse percentual, procure realizar ações que demonstrem suas boas intenções.

7 Princípios da Liderança Sustentável

Segundo Ulrich, a liderança sustentável possui sete princípios:

  1. Praticar a simplicidade – substituir a complexidade conceitual por soluções simples.
  2. Investir tempo com o mesmo cuidado que se investe dinheiro.
  3. Responsabilidade pessoal para garantir que se faça o que tem que ser feito.
  4. Provisão de recursos para mudança, tornando, por meio de treinamento, coaching e mentoring, o que não é natural em normal e realizável.
  5. Acompanhar e medir o comportamento e resultado de forma específica.
  6. Aperfeiçoamento e aprimoramento – aprendizado nos erros e fracassos, demonstrando resiliência.
  7. Emoção,  no sentido de se basear nos valores mais profundos e encontrar o significado do trabalho que realizam.

Liderança é Ação

Assim, como planos que não deixam de ser planos se não forem implementados, não adianta ter atitude sem ação. Não basta querer ser um excelente líder, é preciso mostrar que você é excelente.

Somos avaliados pelo nosso comportamento e não pelas nossas intenções.

Treinamentos, processos de coaching e mentoring podem mostrar o caminho da liderança sustentável ou extraordinária, mas  mas quem vai percorrê-lo é cada pessoa de maneira particular.

A liderança sustentável requer responsabilidade, adaptabilidade e coerência nas mudanças, mas principalmente, que elas ocorram.

Mudar e mudar para melhor são duas situações diferentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso Legal: O resultado individual varia conforme o nível da habilidade aprendida, a dedicação e o esforço de cada participante. Dispensar

X