COMO MANTER A AMIZADE E O PROFISSIONALISMO

COMO MANTER A AMIZADE E O PROFISSIONALISMO

Amizade e Profissionalismo

A explicação remonta a brilhante história da própria empresa de mais de 50 anos, onde trabalham também pessoas da família. É bastante comum em ambientes onde as pessoas convivem por tanto tempo existir um relacionamento afetivo informal e pessoal entre elas, o que poderia gerar uma falta de profissionalismo.

Mas é exatamente o contrário que presenciamos, existindo naquela organização, um clima combinado de amizade e profissionalismo. Não se pode criar esse ambiente por decreto, é algo construído ao longo do tempo, a começar pelo exemplo dos dirigentes.

O ambiente de amizade não prejudica a produtividade quando é sinérgico e gera cooperação entre as pessoas para alinhar resultados e processos. Por isso, discordo quando dizem para separar o lado “profissional” do “pessoal“, somos seres humanos únicos e integrais e nossa vida é uma só.

É um paradigma acreditar que amizade não combina com profissionalismo. Quando cada um sabe seu lugar e seus limites essa convivência harmônica potencializa o sucesso da empresa.

A Importância da Liderança

Tudo começa pelo exemplo, se os próprios líderes maiores não fossem capazes de criar um clima  que gerasse confiança e respeito, nada disso seria possível. As pessoas se ajustam ao clima ou saem fora dele. E os responsáveis pela geração do clima são as lideranças.

Voltando ao exemplo da empresa, as pessoas que lá estão se adaptam a esse cultura de amizade e profissionalismo, mas compreendem a necessidade de respeito e moderação. As lideranças dessa organização, a começar da diretoria, acreditam no companheirismo e que podem sim, ter relacionamentos saudáveis por meio da amizade verdadeira com os que lá trabalham. Isso é simplesmente maravilhoso.

Amizade x Profissionalismo

Por outro lado, quanto esses limites não existem naturalmente, algumas organizações são contrárias ao relacionamento afetuoso entre seus trabalhadores, dentre eles o namoro e até o casamento. Outros exemplos de lideranças inadequadas que confundem as coisas é o que não faltam. Excessos, churrascos, viagens e bebedeiras na casa do chefe podem ser o caminho para a amizade, mas estão opostos ao profissionalismo. É preciso disciplina e maturidade de todas as partes, a começar da liderança por meio do exemplo.

Se for para escolher um clima de amizade ou profissionalismo, escolha os dois, eles podem sim, conviver juntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso Legal: O resultado individual varia conforme o nível da habilidade aprendida, a dedicação e o esforço de cada participante. Dispensar

X