QUOCIENTE DE INTELIGÊNCIA POSITIVA

COMO AUMENTAR O QUOCIENTE DE POSITIVIDADE

Quociente de inteligência positiva: uma medida fundamental.

A neurociência e a psicologia consideram o Quociente de Positividade essencial para melhorar o desempenho, alcançar as metas, aumentar a felicidade e ter bem-estar.

De fato, a psicóloga positiva e PhD, Barbara Fredrickson popularizou o conceito chamado Quociente de Positividade. Mas outros pesquisadores antes dela também investigaram a razão ideal de emoções positivas em nossas vidas. Afinal, já ficou mais que comprovado que elas auxiliam em nosso desenvolvimento positivo.

Nesse sentido, Shirzad Chamine, professor da Universidade de Stanford propõe uma visão muito interessante sobre o tema.

Segundo ele, embora o QI (Quociente Intelectual) e o QE (Quociente Emocional) contribuam para o potencial máximo, é o Quociente de Inteligência Positiva (QP) que determinará quanto desse potencial realmente alcançamos.

Em nossa opinião, esse conceito complementa o tradicional Quociente de Positividade  da Psicologia Positiva, já que também defende a necessidade de ter mais pensamentos, emoções e experiências positivas do que negativas. E obviamente, ele pretende aumentar o nível de positividade proposto pela Psicologia Positiva.

Basicamente na teoria de Chamine:

O Quociente de Inteligência Positiva mostra a porcentagem de tempo em que seu cérebro trabalha positivamente (a seu favor) “versus” negativamente (sabotando você).

De acordo com o autor, a parte positiva possui uma voz autêntica e calma que nos motiva e faz seguir em frente. Já a parte negativa é aquela que desperta a raiva, a ansiedade, a vergonha, o arrependimento e uma série de outras emoções negativas.

Nesse conceito, quando a nossa mente trabalha de forma positiva, significa que estamos no controle, utilizando-a de forma benéfica e a nosso favor.

Assim, é necessário, inicialmente, entender como funciona a mente emocional e a mente racional para lidarmos com isso.

A Influência do Lado Direito x Lado Esquerdo do Cérebro

O lado direito do cérebro (mente emocional) lida com o todo, como as imagens, a linguagem não verbal e a detecção de coisas invisíveis como a energia e as emoções.

Ele ajuda na percepção de nossas sensações físicas e emocionais, contrastando com o lado esquerdo do cérebro (mente racional) mais voltado para o pensamento lógico e linear, que lida com os detalhes e a racionalidade. O lado direito nos leva aos relacionamentos, positividade, alegria e significado.

Quando somos crianças existe um equilíbrio maior no uso dos dois lados do cérebro.

Entretanto, a medida que crescemos, nosso cérebro racional é continuamente reforçado. É quando assimilamos que “devemos nos comportar como gente grande” para ter sucesso na vida. A sociedade e a escola tradicional nos ensinam a importância de sermos inteligentes (no sentido literal e tradicional da palavra) para passar no vestibular, ter bons empregos etc.

Assim, nosso instinto de sobrevivência (lado esquerdo) é continuamente reforçado e exercitado com recompensas externas, o que acaba atrofiando o lado direito. Por outro lado, o QP pode ser desenvolvido e os músculos que o fortalecem, reagem rapidamente aos estímulos.

Inteligência Positiva

Para Chamine, os benefícios do aumento do Quociente de Inteligência Positiva são extraordinários.

  • Pessoas que praticam a Inteligência Positiva no seu dia a dia apresentam resultados significativamente melhores.
  • Vendedores com maior QP vendem 37% mais do que os colegas com QP menores.
  • Uma pesquisa realizada com 275 mil pessoas diferentes, concluiu que QP maior leva a salários maiores e maior sucesso nas áreas do trabalho, casamento, saúde, sociabilidade e amizade.
  • Líderes com QP maior são mais precisos e cuidadosos ao tomar decisões, na compreensão das equipes e no enfrentamento de crises.

Logo, aumentar o Quociente de Inteligência Positiva é fundamental para termos sucesso na vida.

Como Aumentar o Quociente de Inteligência Positiva

De maneira geral, potencializar a Inteligência Positiva, significa pensarmos positivamente. Parece simples, mas não é.

Como falamos anteriormente, desde a nossa infância fomos estimulados a não desenvolver a nossa Inteligência Positiva e sim, nossos sabotadores.

Segundo Charmine, eles são nossos inimigos internos, em um total de dez, sendo eles: o crítico, o prestativo, o hiper-realizador, a vítima, o hiper-racional, o hipervigilante, o inquieto, o controlador, o esquivo e o  hiper-racional.

Basicamente são formados pelo conjunto de padrões mentais negativos, automáticos e habituais que trabalham contra nós. Infelizmente, na maior parte do tempo, achamos que estão nos protegendo ou trabalhando a nosso favor e por isso, tendemos a reforçá-los continuamente.

Por isso, é importante compreender quando eles entram em ação, afinal,

A questão não é se você tem ou não sabotadores, pois todos nós os temos. O que importa é a intensidade com que eles permanecem na mente.

Sempre que uma voz dentro da sua cabeça dizer que você não é capaz, que não conseguirá, que as circunstâncias não ajudam, seus sabotadores estão em ação. E estão concentrados na área de sobrevivência do cérebro.

Portanto, para vencê-los, Charmine propõe três estratégias:

  1. Enfraquecer os sabotadores por meio da observação e rotulação.
  2. Fortalecer seu lado Sábio do cérebro, mudando a perspectiva sobre as coisas.
  3. Fortalecer os músculos do Cérebro QP por meio de atividades simples e divertidas propostas em seu livro.

Finalmente, é importante conscientizar-se que é necessário ter ações intencionais para aumentar a Inteligência Positiva, mesmo que elas sejam simples. É importante começar e agora! Caso contrário, continuará a fortalecer ainda mais seus sabotadores e como consequência, cada vez mais, terá menos felicidade e bem-estar.

*Artigo inspirado no livro Inteligência Positiva de Shirzad Chamine.

10 thoughts on “QUOCIENTE DE INTELIGÊNCIA POSITIVA

    • Profa. Ma. Elaine Dias says:

      Olá Silas, nosso grande desafio no Instituto ISI INFINITY é transformar a ciência em experiência. Trazer conteúdos difíceis e complexos para a prática, sempre preocupados com a ciência e a qualidade. Seu comentário nos incentiva a continuar. Muito Obrigada.

  1. Rodrigo de Campos Rodrigues says:

    Parabéns…..adorei seu artigo!!!!! Fantástico!!!! Conforme eu fazia a leitura do artigo, fazia ao mesmo tempo uma reflexão de diversas situações do meu dia a dia, acesso minha mente emocional e minha mente racional. Mas é fato que muitas vezes os sabotadores agem de forma imperceptível.
    O artigo me ensinou a lidar com os sabotadores….daqui para frente estarei positivamente alerta……..ativando mais a racionalidade e se atentando aos detalhes de minhas ações…..
    Gratidão!!!!

  2. Almir Antonio Isganzella says:

    Ola Bom dia. Excelente artigo! De forma bem especificada, a medida que a leitura estava sendo feita, trazia a luz questões claras de vivencias em que nos sabotamos e como educador que fui em certo período da minha vida, pude presenciar varias situações em que professores, reforçavam a mente dos alunos de forma limitante, e sem nos dar conta, corremos um serio risco de vivermos isso e de passar para os outros quando não tomamos consciência dessas limitações ou mesmo dessas formas de sabotagem. Deixamos de acreditar no nosso potencial e caminhamos com a boiada sem nos dar conta de que somos seres únicos e com capacidades para mudar a trajetória de vida e não permanecer nos pensamentos e ações que nos limitam e nos colocam num ciclo de conformismo.
    Grato pelo Artigo.

    Abraços!

  3. SONIA MARIA SOARES DE ALEXANDRIA BOIM says:

    Adorei o artigo!
    Quanto mais nos aprofundamos no curso, sentimos uma sensação de bem estar, de prazer, de colocar em prática a Psicologia Positiva. Na verdade ela já está sendo colocada, através desses bons sentimentos que estão literalmente AFLORANDO.

  4. SONIA MARIA SOARES DE ALEXANDRIA BOIM says:

    Quanto mais nos aprofundamos no curso, sentimos uma sensação de bem estar, de prazer, de colocar em prática a Psicologia Positiva. Na verdade ela já está sendo colocada, através desses bons sentimentos que estão literalmente AFLORANDO.

  5. SONIA MARIA SOARES DE ALEXANDRIA BOIM says:

    Quanto mais nos aprofundamos no curso, sentimos uma sensação de bem estar, de prazer, de colocar em prática a Psicologia Positiva. Na verdade ela já está sendo colocada, através desses bons sentimentos que estão literalmente AFLORANDO.
    Muitas vezes nos sabotamos sem perceber, pois tudo acontece de forma imperceptível. Precisamos ficar atentos aos sinais!!!
    O artigo me ensinou a lidar com os sabotadores….daqui para frente estarei positivamente alerta!!!

  6. Sônia Maria Soares de Alexandria Boim says:

    Bom dia Profª Elaine.
    Gostei muito do artigo!!!
    Muitas vezes nos sabotamos sem perceber!!! Quanto mais nos aprofundamos no curso, sentimos uma sensação de bem estar, de prazer, de colocar em prática a Psicologia Positiva. Na verdade ela já está sendo colocada, através desses bons sentimentos que estão literalmente AFLORANDO.

  7. Maria Angela de Camargo says:

    Adorei o artigo, escrito de uma forma que nos deixa com vontade de ler o livro, aprender mais. Este artigo me trouxe uma clareza de como os sabotadores estão tão fortemente intrínseco na gente. Ter um olhar observador nas nossas emoções, nos observar diariamente, com certeza nos mostrará o momento certo para fazermos escolhas diferentes em prol do nosso bem estar.
    Gratidao,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *