OBJETIVO NA VIDA: A IMPORTÂNCIA DE TER UM

Objetivo na vida: conheça o seu e tenha uma vida plena.

– Qual seu propósito de vida?

– Qual sua missão no mundo?

– Aonde você quer chegar?

Ao contrário do que possa parecer, essas perguntas não são de autoajuda. Pelo contrário, são perguntas profundas de autoconhecimento que incomodam muito as pessoas que não conseguem respondê-las.

Ademais, são questões intrínsecas à espécie humana que auxiliam no entendimento de suas ações, suas reações e seu objetivo maior de vida.

Muitas vezes o ser humano sente uma sensação de vazio. Levanta da cama todas as manhãs sem encontrar sentido na sua existência, sem sonhos e sem esperança.

A boa notícia é que a sensação de vazio se esmaece quando cada pessoa detecta seu significado único e sua missão no mundo.

Por não ter um sentido claro na vida muitas pessoas deixam-se levar pelas circunstâncias, sejam elas boas ou ruins.  São orientadas pelo externo, pelo que outros dizem ou pensam sobre elas, e não por si próprias.

Consequentemente, levam suas vidas, suas carreiras ou seus negócios, ora se lamentando pelo seu infortúnio do presente, ora remoendo o passado ou preocupadas com o futuro.

São pessoas que não sonham com o seu futuro e não plantam a semente da mudança, não fazem nada para que ele aconteça. da melhor forma possível.

Visão de Mundo

Além disso, possuem uma visão de mundo limitada. Simplesmente se deixam levar.

Pense bem: nossas perspectivas são influenciadas pela forma que enxergamos o mundo. Se nossa visão é curta e limitada, qual a probabilidade de sonhar? Sonhar será muito difícil.

Consequentemente, nossos sonhos não se tornarão objetivos e muito menos, realidade.

Aquilo que você considera importante o motivará a atingir seus objetivos, se não os possui, não se sentirá motivado a continuar. E nem mesmo, começar.

Objetivo na Vida = Esforços para Atingi-lo

– O que você mais deseja na sua vida?

– O que quer para sua carreira?

– Aonde quer chegar com o seu negócio?

– Quanto é importante para você atingir seus objetivos?

Essas perguntas despertam a percepção de que você pode transformar seus sonhos em objetivos para que se tornem realidade.

Sabendo exatamente o que deseja, concentrará todos os recursos e esforços para obtê-lo!

É o que nos ensina a Psicologia Positiva sobre a psicologia do Sucesso.

A Fé Move Montanhas

Por isso, é correto dizer que a Fé Move Montanhas, apesar da maioria das pessoas não entender a mensagem subliminar que envolve essa metáfora.

Assim, para muitos, tal afirmação é um absurdo, afinal, nenhuma montanha vai se mover simplesmente por você mentalizar e dizer: “Mova-se, montanha…”

Obviamente que não basta somente ter pensamento positivo e fixar seu olhar na montanha para movê-la. Não estamos falando de telecinesia.

Mas você pode mover montanhas se acreditar que é possível.

Acreditar é ter crer no impossível.

Eu explico: Quando acreditamos em algo intensa e apaixonadamente, enviamos mensagens à nossa mente racional e mente emocional (sim, temos duas).

Como resultado, elas começam a trabalhar dia e noite para encontrar uma forma de fazer com que aquilo funcione e torne realidade.

Objetivo na Vida =  Desafios

Após entender seu principal objetivo na vida é importante declará-lo e escrevê-lo.  Colocar em um lugar onde possa vê-lo todos os dias ou pelo menos, uma vez por semana.

Recentes estudos da neurociência descobriram que o cérebro precisa de objetivos e desafios para se manter ativo e funcionando, como uma espécie de exercício físico.

O cérebro necessita de estímulos futuros positivos para permanecer em atividade e motivado

Dessa forma será programado e autossugestionado psicologicamente para perseguir esse objetivo.

Não é possível, no entanto, atingi-lo sem determinação, esforço e persistência (lembre-se da metáfora da montanha).

Mas significa que ao encontrar obstáculos (e certamente eles virão), você terá motivação suficiente para continuar.

As derrotas não terão o poder de afastá-lo do objetivo. Os fracassos podem ser momentâneos, mas com um objetivo em mente, você nunca terá uma mente fracassada.

Uma vez que as pessoas que têm objetivos podem defini-los claramente, elas também obtém mais sucesso naquilo que fazem.

Finalmente, lembre-se que pior que não atingir seu objetivo, é não ter nenhum objetivo para atingir.

7 thoughts on “OBJETIVO NA VIDA: A IMPORTÂNCIA DE TER UM

  1. Pingback: Importância dos objectivos no ser humano Blogueira Portuguesa -

  2. Avatar
    .aria de Fatima says:

    Dra. Me ensina a persistir nos meus objetivos, preciso ter.monha casa própria, não te no ajuda de ninguém, sou eu e meu trabalho, ao ganho bem e ele. Disso tenho meus compromissos. Te vi u..horas o de 17a os q paga meu aluguel e ajuda os estudos da minha fia de 18 a. Em rumo a faculdade
    A coisa não parece muito benéfica para mim
    Mas não vou desistir.

    Desculpe o desabafo, muito obrigada

  3. Avatar
    Carlos Machado says:

    Assistindo a um vídeo motivacional no YouTube surgiu a solicitação de que eu fizesse uma lista de 10 coisas pelas quais sou grato. Foi como bater a cara contra um muro.
    Surgiram apenas ideias do tipo “estou vivo”, “sou inteligente”, “sou bem humorado”, “não apresento nenhuma doença terminal”…
    Incrivelmente chequei a esta postagem buscando “quais realizações são importantes na vida da de um homem”.
    Mistério.
    Eu que até meia hora atrás estava tão seguro de mim mesmo agora percebo que estou apenas passeando pela vida sem objetivo real.

    • Profa. Dra. Yeda Oswaldo
      Profa. Dra. Yeda Oswaldo says:

      Prezado Carlos, tudo bem?
      Sabe, o problema é que queremos ser gratos por grandes coisas, e costumamos não prestar atenção àquelas que temos sem algum tipo de sacrifício.
      Justamente aquelas que não prestamos atenção. Estar vivo, acredite, é uma delas, pois precede todas as outras. Até mesmo o ar que respiramos, esse item que nunca prestamos atenção antes, nos tornou tão caro agora em meio à pandemia…
      Ser bem-humorado é outro item magnífico pois além de fazer bem a si próprio, também faz bem aos outros. E assim vai…
      Algumas dicas quanto à gratidão, para não banalizá-la:
      1) Todos os dias, à noite, escolha três coisas pelas quais é grato. Não mais que isso, pois saberá escolher aquelas que foram mais importantes naquele dia. De preferência, escreva em um papel ou fale em voz alta, antes de dormir.
      2) Fale sempre em termos positivos. Em vez de “Não apresento nenhuma doença terminal, escolha dizer: “Gozo de boa saúde, física, mental e emocional…”
      Espero ter contribuído de alguma forma.
      Yeda

  4. Avatar
    Carlos Machado says:

    Grato.
    Mas ainda assim acredito que preciso ir em busca de algumas realizações mais significativas pra dar maior importância à existência.
    Bençãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X