COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL NO TRABALHO: UMA HABILIDADE ESSENCIAL

A competência da comunicação interpessoal no trabalho é valorizada pelas empresas já no processo seletivo. Aqueles que possuem essa habilidade desenvolvida já estão com um passo à frente dos outros candidatos.

O processo de comunicação  pode ser tanto verbal (oral, leitura e escrita), quanto gestual (postura, olhares, gestos, expressões faciais, silêncios, movimentos, dentre outros).

Assim, comunicar é tornar aos outros os nossos pensamentos, sendo eficaz quando provoca uma reação ou resposta que corresponda às ideias ou necessidade que temos em mente e que desejamos passar ao leitor ou ouvinte.

Comunicação na Empresa

Frequentemente, nas organizações, a comunicação exige um processo de integração desde a emissão da mensagem até o seu destino final. Infelizmente, muitas vezes, a mensagem encontra obstáculos, barreiras e interferências que impedem ou alteram o resultado final. Isso reduz ou anula a sua eficiência ou faz com que a franqueza e abertura deixem de existir.

As distorções na comunicação podem acarretar conflitos e estresse,  gerar inimizades profundas, comprometendo os relacionamentos interpessoais, o desempenho e a produtividade.

As organizações preocupadas com a comunicação eficaz, incentivam os gestores a passarem as informações de forma clara, objetiva e honesta evitando o máximo de distorções. A General Electric (GE), por exemplo,  oferece instrumentos para avaliar  seus gestores pelo grau e sucesso na transmissão das informações e qual o resultado no desempenho das equipes em decorrência delas.

O problema da comunicação ineficaz é vivenciado nas organizações que possuem uma gestão centralizada e fiscalizadora. Esse modelo de gestão tende a reforçar intrigas, boatos e rede de rumores. Nesses casos, infelizmente, a comunicação oral que deveria aproximar as pessoas, as afasta, pois torna-se a via mais rápida para disseminar  informações (boas ou más, verdadeiras ou falsas).

Nesse sentido, a empresa deve incentivar a comunicação interpessoal eficaz iniciando por exercitar a empatia. Isso ocorre quando nos colocamos no lugar da outra pessoa que receberá a informação.

Sobretudo, pode estimular os meios adequados de transmissão da mensagem pois cada um pode ter uma finalidade diferente.

Quais Tipos de Comunicação Utilizar

A seguir mostramos qual tipo de comunicação é mais indicada para alguns casos:

  1. Comunicação oral: utilizada para resolver problemas de comportamento. Também indicada para resolver questões presentes, rápidas ou urgentes. Aqui inclui o “face-to-face”, telefone, e encontros presenciais.
  2. Comunicação escrita: indicada para resolver questões de processo. Assuntos futuros, que precisam de melhor análise ou podem esperar um pouco mais são indicados para esse tipo.
  3. Comunicação oral + escrita: Indicada para orientações específicas onde falar e documentar são fatores essenciais.
Definitivamente, habilidade de se comunicar de forma clara e objetiva é fundamental para a carreira e negócios. Atualmente, uma habilidade bastante valorizada e tudo indica que a sua relevância aumentará ainda mais no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X