AUTOCOACHING: SETE DICAS DO QUE VOCÊ PODE FAZER PELA SUA CARREIRA

O desemprego no Brasil continua em alta, na faixa dos 13%. Grande parte dessa taxa elevada deve-se a fatores econômicos e externos, como a queda nas vendas ou a automação de algumas funções, por exemplo.

Mas ainda assim, há muito o que a pessoa possa fazer pela sua própria carreira. Isso auxilia a elevar o nível de empregabilidade e é válido para todas as gerações atuantes no mercado de trabalho.

Antes de mais nada, essa melhoria começa por ela mesma.

Nesse sentido, o coaching é uma metodologia eficaz, que produz efeitos imediatos para quem o pratica. Por essa razão, indicamos o autocoaching para aqueles que desejam alavancar a sua carreira.

Seja Coach de Si Mesmo

Primeiramente, utilize o self coaching, ou coaching de si mesmo para orientação própria, de forma que possa fazer uma conexão com o que há de melhor em si. Quando o praticamos, elevamos o autoconhecimento e ativamos nossas competências. O self coaching centra no que realmente somos com foco no “eu” para conexão com os outros e o mundo. O autocoaching nos permite ajustar comportamentos e a alavancar resultados, o que é excelente para o desenvolvimento pessoal e profissional.

Sete Dicas de Autocoaching para Praticar na sua Carreira

Seguem sete dicas importantes para a sua carreira, com a prática do autocoaching:

1) Seja positivo

Ser positivo não significa ter Síndrome de Polyanna que tudo vê com lentes cor de rosa. Trata-se de praticar emoções positivas como o otimismo e a esperança, que ajudam a viver o presente de forma mais satisfatória e a planejar o futuro com os olhos da mente. A Psicologia Positiva comprova que para termos uma vida plena podemos sentir uma emoção negativa para cada três positivas. [Clique aqui para baixar nosso eBook sobre como Se Tornar mais Otimista]

2) Tenha uma vida realizadora

Faça o que precisa ser feito, sem procrastinar. Fixe metas para si nesse momento. Comece pelas pequenas, no que vai concluir no dia, na semana, no mês, depois parta para as grandes. Trace metas exequíveis e que possa realizar. E realize-as.

3) Tenha bons relacionamentos interpessoais

Tenha um network rico e desinteressado. As pessoas são o melhor antídoto para os dias ruins e a melhor fórmula para os bons momentos. Aproxime-se das pessoas do seu círculo de influência, elogie-as (quando merecerem), pratique atos de gentileza.

4) Seja ético

Por onde passar, em todos os trabalhos que tiver na vida, seja uma pessoa ética e virtuosa. Não cometa erros morais ou faça coisas que comprometam sua credibilidade. Ser ético é um bom negócio.

5) Tenha cidadania organizacional

Nunca fale mal do seu trabalho anterior ou da atual empresa, muito menos dos empregadores. Se não sente orgulho de trabalhar onde está, talvez esse não seja o local ideal para você.

6) Faça tudo com excelência

Execute as tarefas que lhe forem atribuídas com presteza, aprecie a excelência, mesmo que não goste delas. Não fazemos 100% do que gostamos o tempo todo. Na Psicologia Positiva, a Excelência é uma virtude.

7)  Qualifique-se

Aumente suas competências, seja um profissional que o mercado valoriza. Mantenha-se atualizado, participe de palestras, faça cursos na sua área, coloque algo novo e bom no currículo a cada seis meses, no mínimo

Principalmente, leve em consideração que nossas pequenas atitudes diárias somam-se umas às outras e formam nossa vida e carreira.

Para terminar, pratique o coaching consigo mesmo o tempo todo, ele o manterá consciente do seu comportamento e o levará ao desenvolvimento pessoal e profissional.

Clique aqui para conhecer nosso curso de coaching!

Clique aqui para conhecer nossa ferramenta que mede o seu nível de empregabilidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X