BUSINESS MENTORING: A VIDA NÃO É UM ALGORITMO

Sobre Business Mentoring, Vida e Algorítmos…

Com a modernidade e a tecnologia, os algoritmos fazem parte de nossa vida e de nossas decisões, mas ela não se resume a isso. Eles podem melhorá-la e até mesmo simplificá-la em vários aspectos, mas não é possível ter um programa para a nossa vida como um todo.

Ela não é linear, é cheia de desvios, curvas e contornos e muitos deles são imprevisíveis. As fórmulas matemáticas mais complexas são incapazes de antever uma série de elementos que permeiam a subjetividade humana.

A vida é um processo, mas não é um algoritmo

Você pode e deve fazer planos e traçar um mapa, aliás, isso é altamente recomendável sob vários aspectos, principalmente para atingir metas e resultados. O coaching é um grande exemplo disso.

Entretanto, o ser humano não funciona de forma estruturada e racional. Como diz Carl Jung:

Todos são parecidos e, no entanto, nenhum de nós é exatamente igual ao outro.

As pessoas muito objetivas tendem a não se importar com os aspectos subjetivos da existência humana. Atitudes como sentir, pensar, criar e meditar podem ser interpretadas como indolência ou desperdício de tempo. Um mundo frenético, rápido e cheio de aplicativos que facilitam e aceleram a vida, não comporta tais coisas.

Como cientista, acumulo anos de estudos sobre psicologia aplicada, comportamento, gestão de pessoas, liderança, administração e negócios, dentre outros. Ao longo da minha trajetória desenvolvi e orientei muitas teses e dissertações, escrevi livros, criei exercícios, ferramentas e intervenções que oferecem soluções para os problemas do dia a dia.

Mas ainda assim permanecem, e talvez sempre permanecerão, a subjetividade e a necessidade de compreensão da infinidade de fatores individuais e baseados em contextos para aplicar o business mentoring.

A Complexidade do Business Mentoring

E nada se compara a complexidade do ser humano adicionada à de uma empresa que tem sua vida e alma própria (assunto a ser discutido em outra oportunidade). Ainda mais se o mentorado for o fundador ou o dono da empresa.

Além disso, não existe um único tipo de empreendedor, não é possível encerrá-lo em um modelo padrão.

Por isso, não há algoritmo capaz de prever a totalidade de um mentoring de negócios. Além da própria individualidade do fundador ou do dono, suas experiências, crenças, atitudes, comportamentos e valores, temos também a empresa na qual ele pertence, que também tem sua própria identidade.

Assim o business mentoring autêntico não é um programa exato, obviamente que ele possui técnicas, formalização e estruturas. E ao iniciar uma mentoria, temos uma ideia do que nos espera, mas quase que em sua totalidade ele é construído mediante o caminho que se apresenta e face ao objetivo do mentorado.

É um caminho construído durante a própria trajetória. Se oferecesse um programa único, seria praticamente uma extensão de mim mesma, das minhas percepções e do que conheço como verdade. Portanto, não há apenas um caminho.

Embora tenhamos aprendido e evoluído muito nos últimos anos, ainda percebo que o conhecimento sobre todas essas variáveis (indivíduo, pessoas, negócios) é apenas uma estrela em um universo inteiro aguardando ser descoberto.

LEIA MAIS SOBRE>>>> A GESTÃO DE SI: A base do sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X